Blogonet » Blogs » Nothingandall

RSS Nothingandall - Fiche du blog

Signaler


Derniers articles publiés sur le blog

Na passagem dos 130 anos do nascimento de Fernando Pessoa recordámo-lo, com um dos melhores poemas da literatura mundial - Tabacaria

Ajouté le 14-06-2018, via Nothingandall, dans Culture

Não sou nada. Nunca serei nada. Não posso querer ser nada. Àparte isso, tenho em mim todos os sonhos do mundo. Janelas do meu quarto, Do meu quarto de um dos milhões do mundo que ninguém sabe quem é (E se soubessem quem é, o que saberiam?), Dais para o mistério de uma rua cruzada...

Ajouter un commentaire | Lier avec un autre article | Fiche de l'article

Uma Pequenina Luz - Jorge de Sena (no 40º aniversário do seu passamento)

Ajouté le 05-06-2018, via Nothingandall, dans Culture

Uma pequenina luz bruxuleante não na distância brilhando no extremo da estrada aqui no meio de nós e a multidão em volta une toute petite lumière just a little light una picolla... em todas as línguas do mundo uma pequena luz bruxuleante brilhando incerta mas brilhando a ventania dos cerros e...

Ajouter un commentaire | Lier avec un autre article | Fiche de l'article

Lá - Maria Virgínia Monteiro

Ajouté le 25-05-2018, via Nothingandall, dans Culture

Como o vento à noite, no telhado esse lamento do mal que não tem cura; "... nada do que foi teu será nada te pertence já... nenhuma coisa passada te é futura..." Escutas: Pássaros da noite em soltas alvoradas ou fantasmas loucos de roxas madrugadas. Transidas de escuros medos de...

Ajouter un commentaire | Lier avec un autre article | Fiche de l'article

Prazer - Lúcia Serra

Ajouté le 24-05-2018, via Nothingandall, dans Culture

Tanto se nutriu de ostras! especializou-se pescador de pérolas! Lúcia Serra nasceu em 22 de maio de 1955, em Lavras, Minas Gerais, Brasil. Da mesma autoria ler no Nothingandall: semeadura

Ajouter un commentaire | Lier avec un autre article | Fiche de l'article

CanÇÃo punitiva - josé emílio-nelson

Ajouté le 17-05-2018, via Nothingandall, dans Culture

Atarda-me o olhar naquela escarpa (Distância intranquila de sombra Ou penas de pássaros acamadas?) Pena de mim mesmo enquanto lembro No pálido ar, homem obscuro, A sua imagem, inacessível. Desconheço o azul de mulher tão lívida. O coração é uma pequenina pedra rosa. As minhas lágrimas...

Ajouter un commentaire | Lier avec un autre article | Fiche de l'article

IlusÕes que eu amei... - augusto lima

Ajouté le 05-04-2018, via Nothingandall, dans Culture

Ilusões que eu amei ao despontar da vida, bonançosa esperança, esmeraldino mar, em que vogou meu berço à viração querida de suspiros de amor; ó aves de meu lar, jardins que alimentou a carícia materna; flores que desfolhei, cantando e rindo à luz de aurora fulgurante e que eu julgava...

Ajouter un commentaire | Lier avec un autre article | Fiche de l'article

O sono - bueno de rivera

Ajouté le 03-04-2018, via Nothingandall, dans Culture

Inútil fechar com violência as portas. Virá o sono. A mão impassível cerrará as pálpebras, Então murcharás como um fruto imprestável. O abandono cruzará os teus braços no peito, Os dedos acenderão as velas. Virá o grande sono, chumbará teus pés. Quando o sino da manhã chamar, não...

Ajouter un commentaire | Lier avec un autre article | Fiche de l'article

A rosa - alexandre herculano

Ajouté le 28-03-2018, via Nothingandall, dans Culture

Botão de Rosa imagem daqui Pura em sua inocência, Entre a sarça espinhosa, Purpúrea esplende, inda botão intacto, Na madrugada a rosa. É da campina a virgem A pudibunda flor; Em seus eflúvios matutina brisa Bebe o primeiro amor. O sol inunda as veigas: Calou-se o rouxinol; E a flor, ébria...

Ajouter un commentaire | Lier avec un autre article | Fiche de l'article

Essa praia... esse mar... esse céu que me enleia... - Mário Cabral

Ajouté le 26-03-2018, via Nothingandall, dans Culture

Praia da Atalaia, Aracaju (imagem daqui) Essa praia... esse mar... esse céu que me enleia... Essas dunas, sonhando, à carícia da aragem... Essas ondas, rolando em franjas pela areia Essas nuvens, passando, em rebanho selvagem... Em seu quimão de prata a lua é uma sereia Que me traz, pelo azul,...

Ajouter un commentaire | Lier avec un autre article | Fiche de l'article

Dilema - guimarães passos

Ajouté le 22-03-2018, via Nothingandall, dans Culture

Se altivo - ouvirás contra ti mil rumores; Humilde - qualquer um julgar-te-á seu vassalo; Rico - servos terás como Sardanapalo; Pobre - ai! de ti! ver-te-ás cercado de credores. Se franco - eis a teu lado os vis caluniadores; Ladino - ao teu encalço eis a lei, a cavalo; Ama - serás tu só que...

Ajouter un commentaire | Lier avec un autre article | Fiche de l'article

Commentaires

Ils aiment ce blog