Blogonet » Blogs » Nothingandall

RSS Nothingandall - Fiche du blog

Signaler


Derniers articles publiés sur le blog

Sem segredo algum - António Ramos Rosa

Ajouté il y a 5 heures, via Nothingandall, dans Culture

Rodeio-te de nomes, água, fogo, sombra, vagueio dentro das tuas formas nebulosas. Como um ladrão aproximo-me entre palavras e nuvens. Não te encontrei ainda. Falo dentro do teu ouvido? Entre pedras lentas, oiço o silêncio da água. A obscuridade nasce. Tens tu um corpo de água ou és o fogo...

Ajouter un commentaire | Lier avec un autre article | Fiche de l'article

Tudo é Merda - Damasceno Bezerra

Ajouté il y a 1 jour, via Nothingandall, dans Culture

O mundo é simplesmente merda pura E a própria vida é merda engarrafada; Em tudo vive a merda derramada, Quer seja misturada ou sem mistura. É merda o mal e o bem merda em tintura, A glória é merda apenas e mais nada. A honra é merda e merda bem cagada; É merda o amor, é merda a formosura....

Ajouter un commentaire | Lier avec un autre article | Fiche de l'article

Musical suggestion of the day: Did I Ever Love You - Leonard Cohen on his 80th Birthday

Ajouté il y a 2 jours, via Nothingandall, dans Culture

Leonard Norman Cohen (born 21 September 1934)

Ajouter un commentaire | Lier avec un autre article | Fiche de l'article

Negra - Noémia de Sousa

Ajouté le 20-09-2014, via Nothingandall, dans Culture

Gentes estranhas com seus olhos cheios doutros mundos quiseram cantar teus encantos para elas só de mistérios profundos, de delírios e feitiçarias... Teus encantos profundos de África. Mas não puderam. Em seus formais e rendilhados cantos, ausentes de emoção e sinceridade, quedas-te...

Ajouter un commentaire | Lier avec un autre article | Fiche de l'article

Menina vestida de noite - maria rosa colaço

Ajouté le 19-09-2014, via Nothingandall, dans Culture

Menina de preto Tão triste! Tão nua! Corpinho de fome Olhinhos da lua De lua de luto Da lua de dó Menina de preto Tão triste! Tão só! Menina, menina Tão rica de nada Dá a tua mão De flor desfolhada Dá-me a tua mão Anda ver a vida Menina calada De preto vestida. Maria Rosa Colaço nasceu...

Ajouter un commentaire | Lier avec un autre article | Fiche de l'article

Poema X de Brasões [Fim de tarde serena e violentada] - Berrnardino Lopes

Ajouté le 18-09-2014, via Nothingandall, dans Culture

Fim de tarde serena e violetada ... No céu — duas estrelas, e arrepios Na safira do mar, toda coalhada De emaranhados mastros de navios. Longe, entre névoas, traços fugidios De uma cidade branca derramada — Casas, torreões e coruchéus esguios, Por toda a clara fita da enseada. Aqui bem...

Ajouter un commentaire | Lier avec un autre article | Fiche de l'article

Musical suggestion of the day: Ana Moura - Rumo ao Sul

Ajouté le 17-09-2014, via Nothingandall, dans Culture

Rumo ao sul by Ana Moura on Grooveshark Ana Moura nasceu em Santarém a 17 de setembro de 1979.

Ajouter un commentaire | Lier avec un autre article | Fiche de l'article

Poema do Silêncio - José Régio

Ajouté le 17-09-2014, via Nothingandall, dans Culture

Sim, foi por mim que gritei. Declamei, Atirei frases em volta. Cego de angústia e de revolta. Foi em meu nome que fiz, A carvão, a sangue, a giz, Sátiras e epigramas nas paredes Que não vi serem necessárias e vós vedes. Foi quando compreendi Que nada me dariam do infinito que pedi, - Que...

Ajouter un commentaire | Lier avec un autre article | Fiche de l'article

O Artista - António Carneiro

Ajouté le 16-09-2014, via Nothingandall, dans Culture

Da saleta na luz esmaecida O perfil se lhe esbate, eterizado. Toca... e o seu gesto é, como o som, alado... E a música é mais funda e mais diluída... Em tarantela mágica no ambiente Erram, presos a um único destino, Os silfos e os acordes do violino... Fremem anseios, misteriosamente......

Ajouter un commentaire | Lier avec un autre article | Fiche de l'article

Loveliest Poem - Arvo Turtiainen

Ajouté le 16-09-2014, via Nothingandall, dans Culture

The loveliest poem is born when you are close to someone, when tenderness, simple and boundless, without questions flows from one to the other. You do not forget the loveliest poem. It is stamped on your forehead, eyes, lips and heart, stamped for lovers to read, for lovers to surrender. Arvo...

Ajouter un commentaire | Lier avec un autre article | Fiche de l'article

Commentaires

Ils aiment ce blog