Blogonet » Blogs » Nothingandall

RSS Nothingandall - Fiche du blog

Signaler


Derniers articles publiés sur le blog

Gratidão que nem sabe a quem deve ser grata - António Osório

Ajouté il y a 2 jours, via Nothingandall, dans Culture

Gratidão de ser por estes anos e partículas restantes. Pela amizade, que chega a confundir o amor. Pela bondade, que torna a solidão desvalida. Pela hombridade, à altura do céu. Pela beleza, que só à santidade sobrepassa. E é flagrante, perdulária, noutros renascente. Gratidão que nem...

Ajouter un commentaire | Lier avec un autre article | Fiche de l'article

Soneto: Pára-me de repente o pensamento - Angelo de Lima

Ajouté le 31-07-2015, via Nothingandall, dans Culture

Pára-me de repente o pensamento Como que de repente refreado Na doida correria em que levado Ia em busca da paz, do esquecimento... Pára surpreso, escrutador, atento, Como pára um cavalo alucinado Ante um abismo súbito rasgado... Pára e fica e demora-se um momento. Pára e fica na doida...

Ajouter un commentaire | Lier avec un autre article | Fiche de l'article

Canção do Amor Imprevisto - Mário Quintana

Ajouté le 30-07-2015, via Nothingandall, dans Culture

Eu sou um homem fechado. O mundo me tornou egoísta e mau. E a minha poesia é um vício triste, Desesperado e solitário Que eu faço tudo por abafar. Mas tu apareceste com a tua boca fresca de madrugada, Com o teu passo leve, Com esses teus cabelos… E o homem taciturno ficou imóvel, sem...

Ajouter un commentaire | Lier avec un autre article | Fiche de l'article

O golpe está dado!

Ajouté le 28-07-2015, via Nothingandall, dans Culture

Caros benfiquistas. O golpe consumou-se. Depois de uma vida inteira de arbitragem a prejudicar o Benfica (foi assim, que chegou ao lugar que chegou!) - não conheço nenhuma pessoa no Mundo que me tenha causado mais danos psicológicos do que essa personagem, a coberto de se dizer...

Ajouter un commentaire | Lier avec un autre article | Fiche de l'article

Soneto imperfeito da caminhada perfeita

Ajouté le 28-07-2015, via Nothingandall, dans Culture

Já não há mordaças, nem ameaças, nem algemas que possam perturbar a nossa caminhada, em que os poetas são os próprios versos dos poemas e onde cada poema é uma bandeira desfraldada. Ninguém fala em parar ou regressar. Ninguém teme as mordaças ou algemas. - O braço que bater há-de...

Ajouter un commentaire | Lier avec un autre article | Fiche de l'article

Meu coraÇÃo - félix araújo

Ajouté le 27-07-2015, via Nothingandall, dans Culture

Meu coração, este país tristonho, Em que Deus periclita e o Inferno avança, Tem as florestas negras do meu Sonho E as cordilheiras verdes da Esperança. Doira-o, às vezes, um clarão risonho: - É a crença morta que ressurge, mansa... Mas sobrevém o temporal tristonho Da Dúvida cruel...

Ajouter un commentaire | Lier avec un autre article | Fiche de l'article

Campos de sÓria (iv) - antonio machado

Ajouté le 26-07-2015, via Nothingandall, dans Culture

As figuras do campo sobre o céu! Dois lentos bois lavram numa colina, ao começar o Outono, e entre as negras testas recurvadas sob o pesado jugo, pende um cesto de juncos e giesta, que é um berço de um menino; e atrás da junta avançam um homem que se inclina para a terra e uma mulher que nos...

Ajouter un commentaire | Lier avec un autre article | Fiche de l'article

Quase exÍlio - rui augusto

Ajouté le 25-07-2015, via Nothingandall, dans Culture

Nem só a cidade em que nascemos é bela. Assim ó poeta rasga as saudades do que te é tão familiar e parte... Teu coração universal deixa-o ubíquo vogar (o mundo é grande!) Longe no marulhar das vozes em infinitas ondas há-de haver timbre igual! Parte pois ó poeta enquanto é cedo e não...

Ajouter un commentaire | Lier avec un autre article | Fiche de l'article

Eu gosto de ler gostando - Solano Trindade

Ajouté le 24-07-2015, via Nothingandall, dans Culture

Eu gosto de ler gostando, gozando a poesia, como se ela fosse uma boa camarada, dessas que beijam a gente gostando de ser beijada. Eu gosto de ler gostando gozando assim o poema, como se ele fosse boca de mulher pura simples boa libertada boca de mulher que pensa… dessas que a gente gosta...

Ajouter un commentaire | Lier avec un autre article | Fiche de l'article

Amália Rodrigues Canta Amália Rodriges: Lágrima

Ajouté le 23-07-2015, via Nothingandall, dans Culture

Cheia de penas, Cheia de penas me deito E com mais penas, Com mais penas me levanto No meu peito, Já me ficou no meu peito Este jeito, O jeito de te querer tanto Desespero Tenho por meu desespero Dentro de mim Dentro de mim o castigo Não te quero Eu digo que não te quero E de noite De noite...

Ajouter un commentaire | Lier avec un autre article | Fiche de l'article

Commentaires

Ils aiment ce blog